E esses orgânicos, hein?!

Já falamos aqui no blog sobre ovos e carnes orgânicas, mas por que estes alimentos são importantes para a nossa saúde?

A nutricionista Amanda Nogarolli explica que os alimentos orgânicos são isentos de agrotóxicos, drogas veterinárias, hormônios, antibióticos e de organismos geneticamente modificados. “Por isso, não prejudicam a saúde do consumidor”, afirma.

Ela defende que devemos incluir produtos orgânicos pelo menos 3 vezes por semana no nosso cardápio, dando preferência para aqueles que normalmente são mais contaminados, “como tomate, morango, batata, alface e pimentão”, enumera Amanda.

Quer entender melhor sobre este tipo de alimento? Dá uma olhada no que a nutricionista explicou:

– Quais as vantagens de incluir alimentos orgânicos na alimentação?

Alguns agrotóxicos, por exemplo, tem um grande potencial cancerígeno e os alimentos orgânicos, por serem isentos de agrotóxicos e demais produtos químicos, não prejudicam a saúde do consumidor Além disso, os produtos orgânicos possuem uma quantidade maior de vitaminas e sais minerais do que os não orgânicos.

– É preciso ter algum cuidado especial com frutas, verduras e legumes orgânicos?

É importante verificar o selo da certificadora na embalagem, o que garante que o produto é orgânico.

Image

– Como deve ser o seu preparo?

O ideal é lavar folhas, frutas e legumes um a um, em água corrente, para tirar a sujeira, resto de terra ou pequenos insetos. As folhas devem ter um cuidado especial já que são consumidas cruas. Sugiro lavá-las em uma solução de hipoclorito de sódio (à venda em mercados). Coloca-se uma colher de sopa para cada litro de água deixando as folhas em imersão de 20 a 30 minutos e, em seguida enxaguando-as em água corrente.

– Podemos mesclar alimentos orgânicos e tradicionais?

Sim é possível, o ideal seria comprar os alimentos que tem um teor maior de agrotóxicos na forma orgânica, são eles tomate, morango, batata, alface e pimentão mesclando com outros não orgânicos.

Anúncios