Receita de vó: Sonho de Goiabada

Comida de vó tem um tempero especial. Não sabemos se são as mãos habilidosas, anos de experiência na cozinha ou todo o amor que elas colocam nos pratos, mas o fato é que mesmo seguindo as receitas à risca, a gente nunca consegue deixar com aquele gostinho especial de casa de vó, né?

Este ano eu herdei o caderno de receitas da minha vó (puro amor) e resolvi compartilhar algumas receitas clássicas que saíam da cozinha dela, que durante a minha infância fazia doces e salgadinhos pra festa – dá pra imaginar infância mais deliciosa que esta?

Vou começar pela receita que eu mais amava quando ela fazia: Sonho de Goiabada

sonho

  • 1 colher (ou um tablete) de fermento de pão, dissolvido em um pouco de leite morno
  • 3 colheres de açúcar
  • 500g de farinha de trigo
  • 2 colheres de manteiga
  • 2 ovos
  • 2 colheres de cachaça (para deixar a massa mais sequinha)
  • Leite para dar ponto
  • 200 grs de goiabada (não use goiabada cascão)
  • Açúcar e canela para finalizar

Misture todos os ingredientes e sove, como se fosse pão. O ideal é não deixar a massa muito mole. Pique a goiabada em cubos e, com uma faca, corte um pedaço da massa, faça um disco e recheie com um cubo de goiabada. Feche e faça um bolinho do tamanho de um limão galego graúdo (se for muito grande não frita direito). Deixe crescer em temperatura ambiente (se o ambiente estiver frio, a massa não cresce).  Coloque um litro de óleo e frite em fogo baixo, se o óleo estiver muito quente, queima por fora e fica cru por dentro. Passe no açúcar misturado com canela em pó.

Anúncios